marco2018.gif
HOME | ESPORTE | TV | CULINÁRIA | EMPREGO | GALERIA DE FOTOS | NOTÍCIAS | VÍDEOS | CONTATO

NOTÍCIAS
Minha Casa Minha Vida – Ronaldo assina contrato para construção de 400 apartamentos - 23/02/2018 às 15:48:03

O prefeito Ronaldo Lage Magalhães assinou, na tarde desta quarta-feira (21), três contratos com a Caixa Econômica Federal (CEF) para a doação de imóvel e produção de empreendimento habitacional no programa Minha Casa Minha Vida. Ao todo, serão construídos 400 apartamentos de 45 m², em um investimento de R$ 35 milhões.

O evento aconteceu no auditório da Prefeitura e contou com as presenças do superintendente Regional Leste da CEF, Carlos José Veiga; dos gerentes regionais, Aldenir Barbosa e Gustavo Almeida; e do gerente-geral da agência em Itabira, Leandro Subtil.

Os imóveis serão destinados às pessoas com renda mensal de até três salários mínimos e serão construídos nos bairros Fênix (128 unidades), Abóboras (128 unidades) e Barreiro (144 unidades). De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Maria Marli de Oliveira Martins Rosa, os apartamentos beneficiarão as famílias já cadastradas no programa Minha Casa Minha Vida e usuários do Bolsa Família que possuem cadastro no CadÚnico.

Não haverá novos cadastros para estas unidades habitacionais. Atualmente temos um banco de dados com 8 mil famílias cadastradas. Repassaremos os nomes para a CEF que fará a seleção das pessoas que serão beneficiadas com uma moradia”, disse a secretária.

Em seu discurso, Carlos José Veiga explicou que a CEF – instituída há 150 anos por Dom Pedro II – foi criada para proporcionar liberdade para a população. Para ele, a construção de 400 apartamentos significa mais liberdade e cidadania para as famílias que serão beneficiadas. “Isso significa proporcionar uma condição mínima de vida melhor para que as pessoas tenham condições de criar seus filhos. Além disso, esses três empreendimentos que trazemos hoje irá gerar centenas de empregos. E isso também é liberdade”, declarou.

Carlos Veiga ressaltou ainda os esforços da Prefeitura de Itabira em buscar recursos nos governos Federal e Estadual, mesmo sabendo que estes estão limitados. Ele parabenizou o Município pelas conquistas. “Quando foi feita a seleção do Minha casa, minha Vida, em novembro de 2017, nossa região foi contemplada com 12 investimentos. Nós conseguimos viabilizar seis deles. A Prefeitura de Itabira conseguiu viabilizar os três destinados a ela. Foi a única prefeitura que conseguiu viabilizar 100% dos projetos”.

Para Ronaldo Magalhães, esse é um momento muito especial para Itabira, principalmente para o Governo que, desde 2017 – ano em que o prefeito assumiu a gestão municipal – enfrenta dificuldade financeira e queda na receita, oriundas de anos anteriores. “Quase todos os governos que passaram por aqui tinham muito dinheiro em caixa e nunca precisaram buscar alternativas fora. Nós, no entanto, começamos a buscar recursos externos desde o primeiro mês. Mesmo com as dificuldades em se conseguir tais recursos, temos que ir à luta. Ter apoio político, parceiros e projetos importantes bem elaborados são essenciais. E foi isso o que fizemos desde o primeiro dia de governo”.

O prefeito também declarou que o Governo Municipal vai buscar alternativas para realizar todos os projetos que são importantes para Itabira e sua população, especialmente no que diz respeito à geração de emprego e renda. Outra novidade informada por Ronaldo Magalhães durante a solenidade é a retomada das obras dos Centros Municipais de Educação Infantil (Cemei´s).

Vamos retomar as obras de quatro creches, pois os convênios estavam parados em Brasília. São obras grandes, bem distribuídas e que significam geração de emprego, mas acima de tudo, atendimento adequado às crianças, e às mães que precisam trabalhar e não têm onde deixar os filhos. É uma ação social muito importante. Além disso, vamos começar em breve a construção da avenida que será ligada à avenida Machado de Assis. São 1,7 km de obras, que vão girar em torno de R$ 22 milhões. Esperamos começar neste primeiro semestre”, finalizou o prefeito.

O secretário municipal de Obras, Ronaldo Lott Pires informou que a empresa responsável pela construção das unidades habitacionais, a HR Domínio, tem um prazo de 18 meses para entregar os apartamentos à CEF, já que é a instituição quem vai gerir toda a obra.


dengue

xerox

dengue
marco2018
E-mail: contato@informeitabira.com.br



© Informe Itabira 2018. Todos os direitos reservados. Webmail