marco2018.gif
HOME | ESPORTE | TV | CULINÁRIA | EMPREGO | GALERIA DE FOTOS | NOTÍCIAS | VÍDEOS | CONTATO

NOTÍCIAS
8º dia de greve dos caminhoneiros – Prefeito aumenta ponto facultativo e anuncia estratégias emergenciais com o apoio da Polícia Militar - 28/05/2018 às 17:13:27

Apesar de vigente o ponto facultativo para o funcionalismo público municipal desde a última sexta-feira (25), o prefeito Ronaldo Magalhães reuniu a imprensa na manhã desta segunda-feira (28), em seu gabinete, para anunciar novas medidas emergenciais diante do agravamento da crise de desabastecimento. A coletiva foi realizada após reunião da equipe de governo com a Polícia Militar (PM).

A primeira decisão do executivo municipal foi expandir o ponto facultativo – paço municipal, rede municipal de ensino, Unidades Básicas de Saúde (UBS), setor administrativo do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) e escritório central da Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb) – para os dias 29 e 30/5. Portanto, assim como as aulas nas escolas e creches, os serviços municipais estão suspensos até a próxima segunda-feira (4/6), levando em consideração que devido ao feriado de quinta-feira (31) – Corpus Christi – o dia 1º já seria ponto facultativo.

Com relação aos insumos prioritários – oxigênio e remédios – nos hospitais da cidade, o prefeito garantiu que “ainda não está faltando nada e a situação está sob controle”. No entanto, de acordo com Ronaldo, todas as cirurgias eletivas foram suspensas “exatamente para que tenhamos condições de atender às demandas de urgência e emergência”, declarou.

Ainda sobre a questão da saúde, o prefeito anunciou que o atual trabalho da equipe de governo é encontrar alternativas “para que alguns insumos já adquiridos pelos hospitais cheguem o mais rápido possível nas unidades”. Para isso, segundo o tenente-coronel Hudson Ferraz, comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar, nos próximos dias, caso haja necessidade, serão feitas escoltas para garantir o acesso a esses produtos. “Elas acontecerão de forma a legitimar essencialmente essas inúmeras demandas, como o acesso aos insumos de necessidade maior que podem impactar na descontinuidade dos serviços de saúde”, explicou o comandante.

O tenente-coronel esclareceu ainda que na área de cobertura do 26º Batalhão da PM – outros 10 municípios – não há nenhuma via interrompida. “Nós estamos fazendo a garantia da lei e da ordem dentro dos patamares previstos. Também estamos contando com a atenção e o cuidado dos próprios caminhoneiros que estão numa situação de reivindicação. Então, não temos nenhum tipo de paralisação no âmbito da nossa unidade”, garantiu o comandante Hudson Ferraz.

Os serviços de limpeza urbana, assim como os necessários para o abastecimento de água, estão garantidos nos próximos dias. No caso da Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb), o prefeito explicou que serão executados de maneira racionada. “Parece que até amanhã (29) temos condições de coletar, racionalizando. Mas, temos esperança de conseguir algum combustível para manter a coleta de lixo, inclusive a limpeza urbana, que é a varrição e conta com o transporte de pessoal também”.

Sobre a água, Ronaldo Magalhães garantiu abastecimento normal, inclusive com as Estações de Tratamento de Água (ETA) em pleno funcionamento. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira tem combustível até sexta-feira (1º/6) – se utilizado de forma racionada. No entanto, segundo o prefeito, a situação é de alerta. “Caso a paralisação se prolongue por mais dias, o abastecimento ficará prejudicado, principalmente em razão da dificuldade de transportar os profissionais e os produtos químicos utilizados no tratamento da água. Além de não ser possível realizar as manutenções corriqueiras”, explicou Ronaldo.

Segurança

Durante a coletiva, o comandante do 26º Batalhão da PM garantiu que nenhum serviço de prevenção à criminalidade foi interrompido. Segundo ele, houve um replanejamento para atender a todos os órgãos afetados pela greve. “Em termos de segurança pública, não somente em Itabira, mas em toda a região do 26º batalhão, todas as ações de segurança estão sendo desenvolvidas com o êxito dentro de uma linha de tranquilidade não diferente do dia a dia de cada ação policial militar”, salientou Hudson Ferraz que afirmou ainda autonomia de combustível para “vários dias” – o comandante preferiu não informar a quantidade de dias que o combustível da PM cobrirá.

Também segundo o tenente-coronel Hudson Ferraz, além do serviço padrão, a prioridade da PM durante o protesto dos caminhoneiros, é garantir o acesso aos insumos e produtos básicos – não somente no campo da saúde – necessários para a urgência de cada prefeitura na área de abrangência do 26º batalhão.


dengue

xerox

dengue
marco2018
E-mail: contato@informeitabira.com.br



© Informe Itabira 2018. Todos os direitos reservados. Webmail